quinta-feira, 4 de março de 2010

(re) Começo


"Todo começo, é sempre o fim de algo que é bom, ou de algo ruim.
E o meu fim, pode ser o princípio do seu suplício
Pra eu poder retornar ao início."
Renato/Nervoso


O primeiro passo outra vez.
Depois de dez passos pra trás,
chegou a hora de finalmente
caminhar para a frente.

3 comentários:

Ausência Instável disse...

Meu querido, concordo.
Temos que sempre ter essencias e poder usar elas e ter em frente grandes objetivos.

Se você para, o tempo não.
Então continue andando com ele.

Simplesmente Outono disse...

Meu paradoxo, muito prazer...

Sorrisos e lágrimas, algumas vezes ao mesmo tempo.
Superações e mágoas andaram de mãos dadas em sua maioria.
Desafios e surpresas nem sempre superados e tão agradáveis assim.
Infinitas dúvidas e certezas, uma perfeita e delicada simbiose.
Um pedido: que os melhores sentimentos simplesmente permaneçam onde estão.

Simplesmente Outono.

Cosmunicando disse...

nunca são dez passos para trás, mesmo que a gente pense assim... é apenas uma "tomada de impulso" :))
mas eu gostei do poema.
beijos